Você que tem a oportunidade de ajudar, ajude!

felipe

Hoje tive o imenso prazer de participar de uma ação voluntária com moradores de rua, com o grupo Tão pouco… tão muito!, que se reúne para levar comida, roupas e outras doações para quem necessita. Já tinha conhecimento de várias ações assim, mas nunca havia participado e sentido na pele.

Agradeço a oportunidade de ajudar algumas pessoas a terem pelo menos um café da manha, que para nós pode não ser nada, mas para eles vale muito.

Vi que além do que terem o que comer, o mais importante é um pouco de atenção, um aperto de mão, um abraço, um pouco de afeto. Ver um sorriso pelo simples fato de alguém perguntar seu nome, pelo simples gesto de apertar sua mão. Quero agradecer o imenso prazer que tive em conhecer cada pessoa hoje, e dizer que não fui eu que os ajudei, e sim eles que me ajudaram e muito. Me ajudaram a repensar em minhas atitudes, a não reclamar por nada, a ver a vida com outros olhos. É incrível ver que pessoas que não tem quase nada, as vezes apenas um papelão e um cobertor velho, terem alegria de sobra em seus corações, serem felizes. Pessoas que perderam tudo e mesmo assim agradecem a Deus a cada dia que passa, pessoas que podem ter quase nada, mas se preocupam com o próximo, pessoas que dividem o pouco que tem, pessoas que a família rejeitou, mas fizeram dos seus companheiros de rua sua família, e cuidam deles como tal.

Poderia ficar horas escrevendo cada aprendizado que tive hoje, mas o que eu quero deixar aqui, é para você que tem a oportunidade de ajudar, ajude! Não só com doações, mas com um pouco de atenção, carinho, porque para eles isso vale mais que uma refeição. E, por favor, não julguem ninguém por estar nessas situações, não menospreze quem mora na rua, não os trate com indiferença, pois todos somos iguais!

Conheça mais um pouco do trabalho do grupo Tão pouco… tão muito! e ajude, sinta na pele essa realidade, e ajude mesmo com pouco, mas verá que o aprendizado será maior e mais valioso que qualquer coisa!

Quero dar os parabéns ao grupo Tão pouco… tão muito! que realiza essa trabalho maravilhoso e a Teresa Tamai e Alessandra Tamai que ajudam esse projeto, e por elas tive a oportunidade de hoje conhecer e fazer parte dessa ação maravilhosa.

OBRIGADO!!!

Felipe Lima
Julho/2016