Enxergar… com os olhos e o coração.

2

No dia seguinte à primeira ação que participei com o Entrega por SP, comecei a ver as pessoas de outra forma. Resolvi abordar um morador de rua que sempre esteve na minha própria rua, perguntando seu nome e se precisava de alguma coisa. Eu ainda tinha roupas no carro, que sobraram da Entrega. Trouxe para ele, que ficou muito agradecido.

Passado mais de um mês, estava eu descendo a rua quando escuto um “Oi, dona Patricia, tudo bem?” E era o Marcos! Esse é o seu nome! Foi uma única vez que me apresentei a ele e depois de tanto tempo, ele se lembrava do meu nome! Isso me emocionou demais!

Como um simples gesto pode fazer diferença na vida de uma pessoa! Ele contou que nem mesmo o próprio irmão dá bom dia a ele!

Apresentei meu marido, meu filho, e conversamos sempre, desse dia em diante. Agora, faz tempo que não o vejo por aqui! Rezo para que esteja bem e que tenha seguido um bom caminho!

Patricia Millan – abril/2016