declaraDeclara Ação

Entendemos que o preconceito, em grande parte, é originado pela falta de conhecimento e empatia das pessoas.

Neste sentido, este projeto é dedicado a apresentação e divulgação de depoimentos pessoais – vivências, impressões, histórias das ações e do dia-a-dia, e também o que significa e o por quê ser voluntário, com o objetivo de diminuir o preconceito e mudar a maneira de olhar os que estão a nossa volta!

As experiências vividas nas ações são muitas e os acontecimentos diversos: dura realidade, alegrias, emoções a flor da pele, carinho, muitas histórias, muita fé e esperança.

“Vi que além do que terem o que comer, o mais importante é um pouco de atenção, um aperto de mão, um abraço, um pouco de afeto. Ver um sorriso pelo simples fato de alguém perguntar seu nome, pelo simples gesto de apertar sua mão.” Felipe

“Só naquele dia eu soube seu nome: Gilberto. Emocionei demais com esta ação e descobri que podemos fazer muito com tão pouco do tempo, tão pouco de dinheiro, para muita gente que não tem onde morar.” Isabel

“Aprendi que precisamos divulgar o bem como forma de expandir o amor ao próximo, para salvar pessoas, contagiar e convidar todos para participarem de um mundo mais fraterno!” Alberto

“Vou rezar pra você o resto da minha vida “… sabe o que é você ouvir isso, quando você acha que o que ta fazendo é tão pouco perto do tanto que aquelas pessoas vão precisar? Elas precisam de conversa, de alguém pra ouvir, de carinho e muito mais do que tudo o que for material!” Adriana

“Depois da entrega das roupas, sentamos no chão e ficamos conversando… Dali a um tempo, ele me fala: “ganhei meu dia, você é a prova viva que Deus existe””. Alberto

“Passado mais de um mês, estava eu descendo a rua quando escuto um “Oi, dona Patricia, tudo bem?” E era o Marcos! Esse é o seu nome! Foi uma única vez que me apresentei a ele e depois de tanto tempo, ele se lembrava do meu nome! Isso me emocionou demais!” Patricia

“… ao lhe oferecer lanche, ele nos pergunta: “E vocês? Vão ficar sem o que comer?”” Alberto e Patricia

“Que possamos, meu DEUS, pensar mais no próximo, ter mais compaixão com aqueles que não têm nada. Que possamos agradecer o MUITO QUE TEMOS.” Liria Cruz

“Quando fazemos o bem não o fazemos sozinhos, existem alavancas de luz nos impulsionando sem que saibamos.” Desconhecido

declara-2

A Poda Criativa

A poda é periódica e necessária, tem por objetivo aumentar a produção e a produt...